Gestão por competências: sistema desenvolvido pelo TRE-TO é implantado no TSE e em outros regionais

Desenvolvido pelo TRE-TO, sistema Coyote melhorou significativamente o processo de gestão de competências no TSE e nos tribunais que o aderiram

sistema coyote

Desde 2008 o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) elabora seu Programa Anual de Capacitação (PAC) utilizando o modelo avaliativo de Gestão por competências. O sistema informatizado de Gestão por Competências - COYOTE dispõe de questionário referente ao levantamento dos perfis de competências técnicas e corporativas dos servidores.

Essa boa prática vem recebendo adesão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e de diversos regionais em todo o país. Atualmente, além do TSE, os Tribunas da Bahia, Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rondônia e São Paulo também firmaram convênio para utilizarem o sistema desenvolvido pelo TRE-TO.

Participando do processo de desenvolvimento do Coyote, Clairton Thomazi, chefe da Seção de Gestão de Desempenho (SEGED) do TRE-TO, explica que o sistema se apresenta como uma solução para o gerenciamento de competências na Justiça Eleitoral. “A criação de ferramentas com capacidade de serem adotadas por vários tribunais evidencia um modelo de gestão que proporciona grande economia de recursos, seja na redução do valor gasto com contratações de ferramentas similares ou nas horas de trabalho dos colaboradores; o Coyote atende os principais requisitos dos Tribunais do país”, ressalta.

Com a implementação deste sistema informatizado, o processo de gestão de competências melhorou significativamente nos tribunais, permitindo a agilidade no cadastramento das competências, facilidade na gestão de dados de unidades organizacionais e de servidores e possibilitou também mais transparência no processo avaliativo dos colaboradores da Justiça Eleitoral.

 

Pioneirismo

O TRE-TO assume posição de vanguarda ao adotar práticas e modelos de gestão que são replicados por tribunais em todo o país.

Quanto ao desenvolvimento de sistemas, além do Coyote, o TRE-TO elaborou o sistema de transmissão de boletins de urnas (JE-Conect), adotado por toda a Justiça Eleitoral; o PadLog, que é uma ferramenta de auxílio ao planejamento, gerência e acompanhamento das ações necessárias para se atingir um determinado objetivo institucional e o SGIE, sistema destinado a auxiliar as Zonas Eleitorais na gestão de informações sobre as eleições.

 

 

Evelyn Félix - ASCOM/TRE-TO

 

Últimas notícias postadas

Recentes