TRE-TO é finalista no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

TRE-TO é finalista no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

TRE-TO é finalista no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

Dois produtos de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) foram selecionados como finalistas do XVII Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, que acontecerá no período de 29 a 31 de maio, em São Paulo. O prêmio reconhece os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação de todos os órgãos ligados à Justiça do país.

O evento é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, organização não governamental e sem fins lucrativos, fundada pelos assessores de Comunicação do Judiciário, do Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, tribunais de contas e instituições afins, voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão.

O Prêmio é realizado anualmente e a premiação acontece durante o Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça (CONBRASCOM).

 

Produtos

Concorrendo na categoria mídia social, a personagem Dona Eleição, ganhou as redes sociais durante as Eleições de 2016 e 2018. Com uma linguagem leve e descontraída ela abordou temas como Fake News, a importância do voto, o financiamento de campanhas, mudanças na legislação eleitoral, entre outros assuntos.

Na categoria Publicação Especial, as Cartilhas dos Povos Indígenas foram selecionadas para a final. As quatro cartilhas bilíngues editadas nas línguas maternas dos povos Panhi, (Apinajé), Iny (Karajá – Javaé – Xambioá), Meri (Krahô), Povo Akwe (Xerente) e também em português integram o projeto de Inclusão Sociopolítica dos Povos Indígenas e, de forma bastante didática, fornecem ao eleitor indígena informações importantes para que todos possam compreender e participar de forma consciente e efetiva do processo eleitoral.

Gabriela Almeida (ASCOM/TRE-TO)