Metas Nacionais do Poder Judiciário

Os presidentes ou representantes dos tribunais do país, reunidos em Foz do Iguaçu/PR, nos dias 3 e 4 de dezembro de 2018, durante o XII Encontro Nacional do Poder Judiciário, aprovaram as seguintes Metas Nacionais para o Judiciário Brasileiro alcançar em 2019:

 METAS GERAIS

Meta 1 – Julgar mais processos que os distribuídos

Julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente.

Responsáveis: CRE (1° Grau) e SJI (2° Grau)

 _____________________________

Meta 2 – Julgar processos mais antigos

Identificar e julgar até 31/12/2019, pelo menos 90% dos processos distribuídos até 31/12/2017.

Responsáveis: CRE (1° Grau) e SJI (2° Grau)

_____________________________

Meta 4 –  Priorizar o julgamento dos processos relativos a crimes contra a administração pública, à improbidade administrativa e aos ilícitos eleitorais

Identificar e julgar até 31/12/2019, 90% dos processos referentes às eleições de 2016 e 75% dos processos de candidatos eleitos nas Eleições 2018, distribuídos até 31/12/2018, que possam importar na perda de mandato eletivo

Responsáveis: CRE (1° Grau) e SJI (2° Grau)

_____________________________

METAS ESPECÍFICAS JUSTIÇA ELEITORAL

Meta 1 JE – Implantar o Proesso Judicial Eletrônico (PJE)

Implantar o processo judicial eletrônico (PJE) em unidades do 1º grau de jurisdição da Justiça Eleitoral.

Responsáveis: CRE (1° Grau) e SJI (2° Grau)

_____________________________

Meta 2 JE – Ações para educação eleitoral

Promover campanhas voltadas ao eleitor para ampliar os conhecimentos sobre funcionamento do processo eleitoral.

Responsável: EJE

 _____________________________

Acesse ainda o Portal de Metas do CNJ clicando aqui.


 

As metas anuais se subdividem em Metas Nacionais e Metas Específicas (por segmento da justiça)

Painel de Resultados das Metas Nacionais ( a partir do ano 2018)

Resultado Metas Específicas para a Justiça Eleitoral - ano 2019

Portal de Metas do CNJ  (a partir de 2009)