Auditores avaliam processo de Atendimento ao Eleitor no Cartório de Miranorte

Auditores avaliam processo de Atendimento ao Eleitor no Cartório de Miranorte

Auditores avaliam processo de Atendimento ao Eleitor no Cartório de Miranorte
Auditores avaliam Processo Atendimento ao Eleitor, em Miranorte (Fotos: Lucas Nascimento)

Na manhã desta quinta-feira (9/8), os auditores internos e a equipe da assessoria de Pesquisa e Estratégia, do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), se dirigiram ao Cartório Eleitoral da 28ª ZE para avaliar o Processo Atendimento ao Eleitor. Durante os trabalhos os auditores analisaram as instalações, acomodação das urnas eletrônicas e ainda realizaram entrevistas com o juiz eleitoral da 28ª ZE, Cledson Nunes e servidores da unidade.

O juiz destacou os bons resultados após a adoção de práticas de gestão voltadas à qualidade no atendimento aos clientes da Justiça Eleitoral. “Se a pessoa vem ao cartório eleitoral é porque ela precisa dos nossos serviços, então, nossa atenção tem que ser toda destinada a ela. Temos que ter o foco nesse cliente e procurar aprender e atender aos anseios dessas pessoas, modificando os procedimentos quando necessários”, destacou.

Sobre a auditoria, o juiz Cledson Nunes apontou que o procedimento é uma oportunidade de acrescentar melhorias ao fluxo de trabalho. “Tenho certeza que muito já se ajustou e se desenvolveu nesse período que a gente está certificado, melhorando consideravelmente a nossa forma de atuação, mas, é óbvio que as oportunidades de crescimento podem acontecer sempre”, avaliou o juiz.

Processos auditados

A auditoria termina nesta sexta-feira (10/8). Estão sendo avaliados o Sistema de Gestão da Qualidade do TRE-TO e o Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral (PQJE) visando a recertificação dentro das normas ISO 9.001/2015. Durante a auditoria a equipe avaliará cada um dos 19 processos que integram o Sistema de Gestão da Qualidade do TRE-TO, subdivididos em quatro macroprocessos, a saber:

Processos de Gestão e liderança – Planejamento para eleições, Planejamento Estratégico e Comunicação.

Processos de monitoramento e melhorias – auditorias, inspeção (CRE), ouvidoria, votação paralela.

Processos de apoio – Infraestrutura tecnológica, logística para zonas eleitorais, orçamento, gestão de bens e serviços, gestão de pessoas.

Processos finalísticos – Votação, apuração, diplomação, trâmite processual judicial (1º e 2º graus), cadastro de eleitores e atendimento ao eleitor.

 

 

Confira programação desta sexta-feira (10/8):

Horário

Processos/unidade/equipe

9 horas

ASPEQ

11 horas

Ouvidoria

12 horas

Almoço

13 horas

Alocação de pessoal

13h45

Desenvolver pessoas

14h30

Reunião de consenso – ASPEQ

15h30

Intervalo

16 horas

Reunião de encerramento da auditoria

 

 Lília Mara - ASCOM - TRE-TO

Últimas notícias postadas

Recentes