Roda de Conversa com a Justiça Eleitoral aborda temas como Fake News, urnas eletrônicas e acessibilidade

Acadêmicos de Palmas participam da Roda de Conversa

Roda de conversa na Unitins
Diretor-Geral do TRE-TO, José Machado, juízes e servidores durante Roda de Conversa com acadêmicos da Unitins (Fotos: Lucas Nascimento)

Reconhecendo a importância do diálogo sobre temas ligados ao processo eleitoral, como segurança das urnas eletrônicas, Fake News, nome social entre outros, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE/TO), realizou na noite desta quarta-feira (17/10), a primeira “Roda de Conversa com a Justiça Eleitoral” durante a "I Semana de Direitos Humanos da Untins: desafios e perspectivas", no Campus de Palmas.

Com o objetivo de estimular a troca de informações e a reflexão, magistrados e servidores do Tribunal, falaram sobre os temas propostos, interagindo com os estudantes.

Participação

Abrindo a Roda de Debates o juiz membro, Rubem de Carvalho, representando a diretora da EJE/TO, desembargadora Ângela Prudente, falou sobre a importância do acadêmico no processo eleitoral. “O Tocantins possui um percentual significativo de jovens eleitores, por isso o engajamento dos universitários nas eleições é fundamental”, destacou.

Acessibilidade

O juiz membro, Henrique Pereira dos Santos, explicou como o eleitor com deficiência pode requerer a seção especial e garantir seu direito ao voto. “A acessibilidade é uma das grandes preocupações da Justiça Eleitoral, por isso todos os locais de votação devem ter pelo menos uma seção com acessibilidade, além disso, a urna eletrônica também é preparada para atender os deficientes visuais”, disse.

Nome social

No Tocantins 47 pessoas solicitaram a inclusão do nome social no título de eleitor. O analista jurídico do TRE-TO, Adilson Cunha, explicou que essa é uma questão psicossocial extremamente importante, pois o reconhecimento do nome é um direito fundamental. “A Justiça Eleitoral se preocupa com as novas conquistas dos direitos humanos, dando visibilidade às minorias”, ressaltou.

Urnas Eletrônicas

O coordenador de suporte e infraestrutura do TRE-TO, Valdenir Borges Júnior, relembrou a trajetória da urna eletrônica e como o equipamento foi pensado justamente para coibir as fraudes que aconteciam durante a votação com as cédulas de papel. “Em mais de 20 anos de utilização da votação eletrônica, nunca houve fraude constatada. Existem processos de auditoria e verificação que podem ser acompanhados por qualquer pessoa, além de tecnologia, legislação e o trabalho de milhares de magistrados e servidores para garantir a lisura de todo o processo eleitoral”.

Fake News

O secretário de tecnologia da informação do Regional tocantinense, Jader Gonçalves, explicou que o modelo atual de conectividade gera uma onda de Fake News que é um fenômeno mundial. “Elas são publicadas nas redes socais para manipular a opinião pública de forma tendenciosa, podendo comprometer o resultado das eleições, por isso a Justiça Eleitoral tem tomado medidas para coibir e rastrear as Fakes News”, disse.

Direitos humanos

Finalizando a roda de conversa o diretor-geral, José Machado dos Santos, enfatizou que os direitos humanos, assim como o voto, é um direito fundamental garantido pela Constituição. “Nosso processo eleitoral é o melhor do mundo sendo referência para outros países, e deve ser motivo de orgulho para todos nós”, finalizou.

A estudante de pedagogia, Ana Lídia, contou que tinha muitas dúvidas sobre a segurança das urnas e essa foi uma oportunidade para saber mais um pouco sobre as auditorias realizadas pela Justiça Eleitoral. “Além disso, não sabia como era feito o requerimento para os eleitores com deficiência, nem como solicitar a inclusão do nome social, achei bem esclarecedor”, avaliou.

Implantação de melhorias

A coordenadora da EJE/TO, Ana Carina Souto, ressaltou que a Assessoria de Pesquisa, Estratégia e Qualidade do TRE-TO, registrará todas as proposituras expostas no debate para apresentar a alta direção do Tribunal, para análise e implementação de melhorias.

A assessora Silvia Helena Dias estava presente no evento anotando todos os registros.

 

Gabriela Almeida – ASCOM TRE-TO

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes