TRE-TO recebe recertificação do Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral

Presidente do TRE-TO recebe recertificação do Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral

Em Brasília, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargadora Ângela Prudente, e o diretor geral, Flávio Leali receberam do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a recertificação do Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral (PQJE). Por meio do documento, o Comitê do Programa certificou ao TRE-TO a manutenção do Sistema de Gestão da Qualidade, no escopo Gestão do Processo Eleitoral no Estado do Tocantins. “Para nós é uma grande satisfação mantermos a certificação do Programa de Qualidade, em um escopo tão importante como o processo eleitoral. A recertificação é resultado da dedicação e empenho dos servidores do TRE e reforça o nosso compromisso com o eleitor, realizando eleições seguras e legítimas”, afirma a presidente. 

O certificado, com validade até 24 de agosto de 2018, ainda registra que o TRE-TO implementou e mantém um sistema de gestão da qualidade baseado nos requisitos do PQJE, instituído por meio da Portaria do TSE nº 584/2011. O documento é assinado pela diretora geral do TSE, Leda Marlene Bandeira. 

A manutenção da certificação veio após a realização de uma avaliação do Comitê Gestor do TSE, por meio de auditores credenciados, no mês de agosto. Na oportunidade, durante três dias (19, 20 e 21/8) os auditores verificaram 17 processos relacionados à Gestão do Processo Eleitoral no Estado do Tocantins. Na ocasião, a equipe auditora destacou o atendimento ao eleitor na 28ª Zona Eleitoral de Miranorte, o primeiro do interior, em âmbito nacional, a conseguir a certificação de qualidade, e também o processo de inspeção da Corregedoria Regional Eleitoral. 

Certificação 

O TRE-TO é um dos cinco Tribunais Regionais Eleitorais da federação a receber o certificado do Programa de Gestão da Qualidade da Justiça Eleitoral. O Regional também possui certificação de qualidade ISO 9001 desde 2005 nos processos que compreendem a realização das eleições, com certificação válida até 2017, recertificado pelo Instituto Totum. 

Kézia Reis (ASCOM/TRE-TO)

Últimas notícias postadas

Recentes