Justiça Eleitoral dá início a mais uma etapa do Planejamento Integrado das Eleições 2020

Nessa terça e quarta-feira será feita a convalidação das ações de planejamento, com a participação das 33 Zonas Eleitorais

Nessa terça e quarta será feita a convalidação das ações de planejamento, com a participação das 33 zonas eleitorais

Teve início, na manhã desta terça-feira (10/9), a etapa de convalidação do Planejamento Integrado das Eleições 2020. Evento reúne servidores das secretarias do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) e chefes de cartórios das 33 zonas eleitorais do estado. Programação segue até o fim da tarde de quarta-feira (11/9), no auditório do Tribunal.

Ao dar as boas-vindas aos participantes, o presidente do TRE-TO, desembargador Eurípedes Lamounier, destacou o importante trabalho desempenhado pela Justiça Eleitoral e frisou importância do planejamento na promoção de um processo eleitoral sério, com ética, transparência e agilidade. “Garantir a soberania popular nas urnas é nosso objetivo e a Justiça Eleitoral do Tocantins vem trabalhando neste sentido ao executar bem mais esta etapa de preparação para as eleições de 2020”, frisou. “Este é um grande momento para a democracia e motivo de orgulho para todos nós”, complementou.

Os trabalhos de planejamento das eleições começaram em maio, com reunião da comissão responsável pelos processos de logística nas zonas eleitorais com os servidores da área de Planejamento, Pesquisa e Estratégia do TRE-TO. “Estamos dando continuidade ao trabalho que começou ainda na última gestão e essa etapa é muito importante para convalidar as propostas de cada área, de forma a termos um excelente resultado nas eleições”, ressaltou o diretor-geral do TRE-TO, Francisco Cardoso. Conforme ainda destacou o gestor, “o que vai garantir os resultados lá na frente é o planejamento, que aqui na Justiça Eleitoral, é feito com a participação de todos”.

Neste sentido, para sensibilizar os servidores que atuam diretamente no desenvolvimento das ações voltadas às eleições, uma palestra sobre engajamento foi ministrada pelo representante da Dale Carnegie no Tocantins, Rudiney Moreira da Silva. E ainda durante a abertura do encontro, a juíza membro do TRE-TO, Ângela Issa Haonat, destacou os principais objetivos do projeto “+Mulher +Democracia”. A ação permanente tem como objetivo fomentar a participação das mulheres no processo eleitoral. “Esse é um projeto de conscientização e educação política, que possibilita a todos nós participarmos da construção de uma sociedade mais paritária”, afirmou.

A programação segue até o fim da tarde desta quarta-feira (11/9), com a convalidação de todos os processos necessários para a realização das eleições.

 

Paula Bittencourt (ASCOM/TRE-TO)

Últimas notícias postadas

Recentes