Eleição suplementar em Pugmil conta com a participação de 21 mesários voluntários

Saiba mais sobre a importante missão dos mesários.

Eleição Pugmil 2/2/2020 5

Peça fundamental no trabalho da Justiça Eleitoral durante as eleições, mesário é o cidadão que atua diretamente na mesa receptora de votos durante o pleito e é o responsável por todo o processo de organização, identificação do eleitor e manutenção da ordem em uma seção eleitoral. Em Pugmil, todos os 21 mesários selecionados para trabalhar na eleição suplementar, neste domingo (2/2), são voluntários.

A manicure Luciana Pereira de Sá está na sua quarta eleição como mesária. Mesmo grávida, não deixou de cumprir seu compromisso como 1ª mesária. “Eu gosto de participar, de contribuir com a Justiça Eleitoral durante as eleições”, afirmou.

O universitário Thiago Henrique Silva também é mesário e, mesmo após se mudar de Pugmil para Palmas, continua atuando voluntariamente na cidade onde morava. Para ele, além da experiência positiva como cidadão, o trabalho ainda é contabilizado como atividade complementar na faculdade. “Acho interessante esse envolvimento com a política; eu comecei como 1º mesário e hoje sou presidente da seção. Isso para mim é um incentivo”, disse o aluno do curso de Educação Física.

Já o advogado Daniel Rosa de Almeida veio do Rio de Janeiro para ser mesário na eleição suplementar de Pugmil. “É uma oportunidade de colaborar com o processo democrático de voto e, em contrapartida, esta experiência me garante pontuação nos concursos públicos”, destacou o presidente da mesa na Seção 127, no Colégio Darcy Ribeiro.

 

Saiba mais

As funções dos mesários estão divididas entre 1º e 2º mesários, secretário e presidente da mesa. O mesário nomeado presidente é a autoridade máxima da seção eleitoral, cabendo a ele, dentre outras responsabilidades, manter a ordem no recinto, autorizar os eleitores a votar, receber reclamações dos delegados de partidos políticos e cuidar dos materiais usados nos trabalhos. Já o mesário escolhido como secretário é quem distribui as senhas de votação, organiza a fila de eleitores e lavra a ata da mesa receptora. Os demais mesários - 1º e 2º Mesários - cuidam da identificação dos eleitores e da entrega dos comprovantes de votação.

Além de contribuir para a realização de uma eleição, ser mesário tem algumas vantagens, como:

•             2 dias de folga do serviço (público ou privado), por cada dia trabalhado nas eleições (Art 98 da Lei 9.504/97);

•             2 dias de folga do serviço (público ou privado), por cada dia de treinamento (Decisão do TSE, no Processo Administrativo n19.498/DF de 26/09/200);

•             Vantagem como critério de desempate em concurso público, desde que estabelecido no respectivo edital;

•             Certificado comprobatório dos serviços prestados à Justiça Eleitoral para inclusão em currículo profissional;

•             Participação em programa de capacitação promovido pela Justiça Eleitoral, presencial ou EAD;

•             Para alunos de Faculdades e Universidades conveniadas, as horas trabalhadas contam como atividade extracurricular;

 

Inscreva-se como mesário voluntário aqui.

 

Paula Bittencourt - ASCOM/TRE-TO

Últimas notícias postadas

Recentes