Eleições 2020: Simulado Nacional de Registro de Candidaturas termina nesta sexta-feira, 10

Testes iniciaram segunda-feira (06/07)

Os testes tiveram início na segunda-feira (06/07) para avaliação dos sistemas
Servidora Marcele Dresch - chefe de cartório substituta de Pedro Afonso

 

A Justiça Eleitoral do Tocantins finaliza, nesta sexta-feira (10/07), mais uma importante fase preparatória para as eleições 2020: a realização do Simulado Nacional de Registro de Candidatura. Os testes tiveram início na segunda-feira (06/07) para avaliação dos sistemas que compõem os módulos Candex JE – Protocolo e Candex Partidos, SGIP3, CAND, Processo Judicial Eletrônico (PJE), Horário Eleitoral (HE), Diário da Justiça Eletrônico (DJE), Mural Eletrônico e DivulgaCand.

Buscando testar todos os sistemas eleitorais a serem usados no próximo pleito, o simulado trouxe uma novidade para este ano ao permitir a integração dos módulos de processamento de registro de candidatura, o que proporcionará mais agilidade e transparência.

No Tocantins, as 33 zonas eleitorais participam do treinamento. Na 23ª Zona Eleitoral de Pedro Afonso, por exemplo, a equipe do cartório eleitoral criou um grupo de trabalho para tirar dúvidas sobre o sistema e receber orientações referentes às inovações. “Ao final vamos fazer um levantamento para podermos saber as etapas que vão acontecer e o que precisaremos saber na época das eleições, como por exemplo:  como vai se dar a integração dos sistemas, o recebimento dos registros de candidatura, como vamos processar os recursos e como vamos publicá-los no mural’, enfatizou a chefe de cartório substituta, Marcele Dresch.

A chefe de cartório ainda ressaltou que o simulado é a ocasião em que serão corrigidos os erros do sistema e também é um momento para adaptação. “Cada eleição tem alguma novidade. Agora, nessas eleições 2020, temos a novidade do Candex Protocolo, no qual receberemos os documentos externos. Temos ainda a integração entre todos os sistemas. Estamos aprendendo bastante e isso está sendo muito bom para testar os conhecimentos, pois, quando chegar próximo as eleições já estaremos bem treinados e poderemos tirar dúvidas dos candidatos, eleitores e de todas as pessoas que irão colaborar conosco nas eleições”, complementou.

 

Suporte

De acordo com o chefe da seção de Autuação, Distribuição e Registros Partidários (Seadip), Adelson Ramos, foi disponibilizado ainda um passo a passo na biblioteca virtual Wikipédia, para auxiliar os servidores no manuseio da ferramenta. “Primeiro inserimos na Wiki um vídeo do roteiro de execução, com informações sobre o Cand e o Simulado, em seguida colocamos as informações sobre a execução de chaves e transmissão de download para os partidos. Por fim, o pessoal vai fazer o fechamento do sistema de registro de candidaturas. As informações processadas, com o nome dos candidatos aptos a serem votados serão colocadas nas urnas”, explicou.

 

Sobre o sistema

O CANDex foi desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral para uso obrigatório por partidos, coligações e candidatos que pretendam concorrer às eleições de 2020 para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. É o sistema também utilizado pela Justiça Eleitoral para recebimentos de arquivos, consultas de arquivos recebidos, consultas de arquivos transmitidos e aceite de pedidos encaminhados pelos partidos ao Cartório Eleitoral de cada zona eleitoral, que irá deferir, indeferir ou pedir uma complementação de documentos para os candidatos.

 

Lília Mara - Ascom

Últimas notícias postadas

Recentes