Biometria: atendimento itinerante inicia nesta quinta no município de Porto Alegre do Tocantins

Itinerante Porto Alegre do Tocantins
Atendimento itinerante em Porto Alegre do Tocantins

A Justiça Eleitoral do Tocantins realiza a partir desta quinta-feira (05/11), atendimento itinerante no município de Porto Alegre do Tocantins, que integra a 25ª Zona Eleitoral de Dianópolis. O atendimento será realizado na Câmara Municipal, das 9 às 17h, e visa recadastrar biometricamente 2.050 eleitores. 

O itinerante será realizado no município em três momentos diferentes neste mês de novembro, nos dias 5 e 6,  de 9 a 13 e de 16 a 20/11. Os municípios de Novo Jardim e Rio da Conceição também receberão atendimento itinerante conforme especificado abaixo:

Município

Dias

Período

Local

Horário

Porto Alegre do Tocantins

12

05 a 06 e 09 a 13/11/2015

16 a 20/11/2015

Câmara Municipal

09h às 17h

Novo Jardim

8

30/11 a 04/12/2015

07 a 09/12/2015

Câmara Municipal

09h às 17h

Rio da Conceição

8

27 a 29/01/2016 e 01 a 05/02/2016

Câmara Municipal

09h às 17h

 

Além de se recadastrarem biometricamente, os eleitores poderão realizar ainda alistamento e transferência, entre outros serviços da Justiça Eleitoral.

 

 Documentos Necessários

Para realizar os procedimentos o eleitor deve apresentar documento de identificação oficial com foto e comprovante de endereço. Não serão aceitos documentos de habilitação e o novo modelo de passaporte.

 

Dianópolis

Os eleitores da zona urbana de Dianópolis (25ªZE) também devem procurar o Cartório Eleitoral na Avenida Mato Grosso Quadra 24, Lote 1A
Cavalcante, das 11h às 18h, para realizar o recadastramento biométrico. A procura dos dianopolinos ainda é baixa. A Justiça Eleitoral recomenda a todos para que não deixem para a última hora, evitando tumultos e filas.   

Os títulos eleitorais não recadastrados serão cancelados.

Além do cancelamento do título, a falta do recadastramento implica outras consequências, como por exemplo, o impedimento para tirar passaporte, assumir cargos públicos, votar nas próximas eleições, fazer empréstimos nos bancos e se inscrever em instituições de ensino público.

 

 

(Gilsiandry Carvalho – ASCOM / TRE-TO)

Últimas notícias postadas

Recentes