Meio Ambiente: TRE-TO economiza mais de R$ 400 mil com ações do Plano de Logística Sustentável

Implementando em 2015, o PLS vem se consolidando como importante instrumento para eficiência na gestão

Implementando em 2015, o PLS vem se consolidando como importante instrumento para eficiência na ...

Na missão de realizar eleições, a Justiça Eleitoral do Tocantins também se preocupa com o meio ambiente e a gestão responsável dos recursos públicos que envolvem todo o processo eleitoral. Pensando nisso, a instituição vem a cada dia reduzindo custos com materiais de consumo e promovendo a conscientização dos seus colaboradores através do Plano de Logística Sustentável (PLS). A soma dos esforços proporcionou ao TRE Tocantins uma economia de R$ 437.809,70 em 2019.

Implementando em 2015, o PLS vem se consolidando como importante instrumento para eficiência na gestão, pois possibilita uma gestão pública aprimorada, baseada em diagnósticos precisos e tomada de decisões mais assertivas. Para atingir as metas sustentáveis estabelecidas pelo TRE Tocantins, o Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges) realiza diversas ações e campanhas internas a respeito da coleta seletiva e economia de água, energia elétrica e papel, entre outros. “Foram adotadas atitudes simples como desligar a luz ao sair da sala, substituir os copos descartáveis por copos de papel e realizar o monitoramento contínuo do consumo da água, energia e combustível; além da conscientização dos colaboradores por meio de campanhas educativas”, destacou a coordenadora do Nuges, Wagna Cristiane.

Um trabalho contínuo de sensibilização, que contribui não apenas para o Tribunal como um todo, mas que se multiplica a favor do meio ambiente com a adesão de cada servidor. “Temos que continuar implementando ações que garantam o bem-estar dos servidores e um ambiente naturalmente equilibrado, bem como a economia dos recursos financeiros e ambientais”, complementou.

Resultados

Para se ter uma ideia, em 2019 mais de cinco toneladas de resíduos sólidos deixaram de ir para o aterro sanitário comum com a coleta seletiva solidária.  A ação é realizada em parceria com cooperativas de coleta de papel, gerando emprego e renda para outros setores.

O servidor Henrique Hugueney, por exemplo, tem o hábito de trazer de casa o papel e papelão descartados em casa e que iriam para o lixo comum. De forma consciente, a cada 15 dias o servidor deposita os materiais no contêiner localizado no subsolo do prédio sede do Tribunal. “Tenho desenvolvido esse hábito em casa. Junto com a família faço a separação do lixo orgânico e reciclado, principalmente o papel, plástico, garrafas pet e caixas de alimentos. É uma forma de ensinar as crianças a adotarem os mesmos hábitos e desde cedo se conscientizarem sobre a importância de cuidar do meio ambiente”, explicou.

Outro grande vilão do meio ambiente, o plástico está com os dias contados no TRE – TO. Em 2019, 239 mil unidades de copos descartáveis para água e café deixaram de ser utilizadas, promovendo uma economia aproximada de R$ 5 mil. A receita é simples: substituir copos de plástico por copos de papel reciclado e incentivar os servidores a utilizarem canecas e garrafas.

Já a redução da conta de energia elétrica foi de 10%, proporcionando uma economia estimada de R$ 21 mil. A queda no consumo ainda deve ser maior em 2020, devido a utilização da energia solar em sete zonas eleitorais e em um posto de atendimento.

Bem-estar

Ações para promover a qualidade de vida no trabalho também fazem parte da missão do Tribunal e integram os eixos temáticos do Plano de Logística Sustentável. Durante o ano, foram realizados 25 eventos, com a participação de mais de 2 mil servidores.

A médica Mary Freire, coordenadora Médica e Social do Tribunal, explica que todo conhecimento aplicado sobre qualidade de vida leva a uma melhora no ambiente de trabalho e familiar dos colaboradores. “Quanto mais conhecimento, melhor, pois só assim vamos promover as mudanças de hábito necessárias para reduzir a obesidade, o sedentarismo, o diabetes e demais incidências”, avaliou. “Temos também uma preocupação com a saúde mental dos servidores e, para isso, o TRE-TO contratou uma psicóloga para atender e desenvolver projetos de inteligência emocional; e não podemos esquecer ainda de importantes ações desenvolvidas, como a Semana da Saúde, Semana do Sorriso Saudável, a realização dos Exames Periódicos, Corrida da Justiça, Outubro Rosa, Novembro Azul, Canto Coral e Ginástica Laboral”, complementou.

 

Lília Mara – ASCOM – TRE-TO

 

Últimas notícias postadas

Recentes