Justiça Eleitoral mantém prestação jurisdicional durante a pandemia; 900 novos processos foram abertos em 3 meses

De forma remota, sessões de julgamento do Pleno acontecem por videoconferência.

A maior parte dos atendimentos foram solicitações realizadas pelos eleitores no fechamento dos c...

A Justiça Eleitoral do Tocantins fecha neste dia 19 de junho o terceiro mês em regime extraordinário de teletrabalho, instituído pela Portaria nº 285/2020 como forma de prevenção à proliferação do novo coronavírus. Desde o início do trabalho remoto, várias importantes datas do Calendário Eleitoral foram cumpridas, como o prazo para domicílio de pretensos candidatos e o fechamento do cadastro eleitoral, que ocorreu no dia 6 de maio. Em maio e junho, os cartórios eleitorais analisaram e processaram todos os pedidos de atendimento realizados online.

Adaptando-se ao novo cenário, o TRE-TO fez os ajustes necessários para a manutenção dos trabalhos de forma remota. As sessões plenárias que já eram transmitidas pelo YouTube passaram a ocorrer somente via videoconferência. Os atendimentos nos cartórios eleitorais também foram suspensos estão sendo realizados apenas por meio digital. 

Além disso, os processos judiciais também continuam tramitando. Foram criados 934 processos novos (sendo 720 no primeiro grau de jurisdição); 18.843 documentos foram criados; 481 sentenças e decisões foram proferidas; 15.169 atos executados; e 320 processos foram baixados.

A Ouvidoria Regional Eleitoral registrou nos últimos 90 dias 2.412 demandas, sendo a maioria referente a consultas do cidadão sobre sua situação eleitoral (1.089). Já os canais mais procurados foram o telefônico (43,8%), formulário eletrônico (32,7%) e whatsapp (18,1%). Um total de 374 cidadãos responderam a pesquisa sobre a qualidade do atendimento, com índice de 89,5% de satisfação.

Maurílio Hoffmann (ASCOM/TRE-TO)

Últimas notícias postadas

Recentes