Biometria: autoridades locais de Araguacema e Caseara se reúnem para mobilização dos eleitores

Biometria: autoridades locais de Araguacema e Caseara se reúnem para mobilização dos eleitores
Foto: Lucas Nascimento - ASCOM - TRE-TO

Depois de passar por Formoso do Araguaia, Araguaçu e Peixe, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, desembargadora Ângela Prudente, realizou reunião na 24° Zona Eleitoral de Araguacema, na tarde desta sexta-feira (18/2), com lideranças e autoridades locais. O foco dos encontros têm sido a fase final do Cadastramento Biométrico no Estado, iniciado no último dia 1° de fevereiro em 17 zonas eleitorais. 

A Justiça Eleitoral irá concluir a biometrização dos eleitores tocantinenses até o fim deste semestre, possibilitando que nas próximas eleições de 2018, todos votem por meio da biometria. Atualmente mais de 70% do eleitorado já está cadastrado, nesta última fase a meta é atender mais de 300 mil eleitores.

A presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, durante a audiência pública ressaltou a importância das parcerias para a mobilização dos eleitores. "O sucesso da quarta e penúltima etapa da Biometria se deu porque houve a participação da comunidade, sem vocês o recadastramento dos eleitores não ocorreria. Esse é um trabalho de cidadania, a cada dia estamos aperfeiçoando o processo eleitoral, dando ainda mais segurança e transparência", disse.

O pastor da Igreja Batista, Daniel Borges, participou da audiência e acredita que é muito importante esse tipo de ação para levar as informações a toda comunidade. "A Igreja também possui uma função social e pretendo conversar com os fiéis sobre a importância do comparecimento dos eleitores ao Cartório para o cadastramento biométrico".

Os agentes de saúde também têm sido multiplicadores das informações da Biometria, pois esses profissionais visitam todos os moradores do município, inclusive os que residem em locais de difícil acesso como, zonas rurais. Por isso, o representante da secretaria de saúde de Caseara, Gerivaldo Lopes, se colocou à disposição para auxiliar a Justiça Eleitoral. "Sabemos que nossos agentes de saúde são atores estratégicos nesse processo, e eles estão dispostos a ajudar no que for preciso", garantiu.

O juiz eleitoral, William Trigílio, lembrou que a Região possui vários assentamentos e muitas pessoas que dependem de benefícios como o Bolsa Família e o crédito rural. Caso essas pessoas não compareçam ao Cartório Eleitoral, o título de eleitor será cancelado, impedindo o acesso a esses benefícios. "Por isso, como líderes locais temos a obrigação de cuidar da nossa comunidade, levando até as pessoas as informações sobre a importância do Cadastramento Biométrico", concluiu.

Os municípios de Araguacema e Caseara compõem a 24° Zona Eleitoral. O Cartório está funcionando das 8h às 18h para atender os eleitores.

Itinerante

Os atendimentos itinerantes acontecem no município de Caseara nos dias 13 de março a 3 de abril. Essa é uma oportunidade para os eleitores do município serem atendidos sem precisar se deslocar para Araguacema, onde se localiza a sede do Cartório Eleitoral.

Ponte Alta

Nesta segunda-feira (20/2) a audiência pública acontece em Ponte Alta às 9h, no Fórum da Cidade.

 

 

Gabriela Almeida (ASCOM TRE-TO)