Selo e Carimbo Comemorativo são lançados em comemoração aos 30 anos da Justiça Eleitoral do Tocantins

Selo e Carimbo Comemorativo são lançados em comemoração aos 30 anos da Justiça Eleitoral do Tocantins

Lançamento do Selo e Carimbo Comemorativo

Em homenagem aos 30 anos de instalação da Justiça Eleitoral do Tocantins, o Tribunal Regional Eleitoral lançou, na tarde desta quinta-feira (14/3), o Selo Personalizado e o Carimbo Comemorativo pelas 3 décadas da instituição.

A peça filatélica apresenta imagens que simbolizam a trajetória do TRE Tocantins e sua missão de garantir o direito à cidadania para todos os tocantinenses, realizando eleições com excelência e promovendo a educação política da sociedade. O carimbo comemorativo será utilizado em todas as correspondências postadas na Agência Central dos Correios de Palmas durante vinte dias.

Durante seu pronunciamento, o presidente do Tribunal, desembargador Marco Villas Boas, citou a trajetória de instalação da Justiça Eleitoral e os esforços dos magistrados, servidores e colaboradores para consolidar a instituição. A Justiça Eleitoral do Tocantins dá voz ao cidadão e se preocupa em ouvir a todos, em especial àqueles mais longínquos. O importante é registrar com este Selo Comemorativo, o registro dos 30 anos da história do Tribunal Regional Eleitoral no Estado do Tocantins e sua constante evolução, com relevantes serviços prestados à sociedade tocantinense, se concretizando como um dos esteios da democracia no País”, disse.

No evento, os selos foram obliterados pelo presidente, desembargador Marco Villas Boas, pela vice-presidente e corregedora eleitoral, desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe e pelo diretor-geral, José Machado dos Santos. A solenidade foi acompanhada pelo superintendente estadual dos Correios, José Luiz da Cunha Filho, demais juízes da Corte Eleitoral, advogados e servidores.

Histórico

 O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins foi instalado no dia 17 de fevereiro de 1989, na Sala de Audiências do Fórum da cidade de Miracema, então capital provisória do Estado, sendo realizada sua primeira sessão jurisdicional no dia 22 de junho daquele ano.

 

Lilia Mara (ASCOM/TRE-TO)