Reunião do Colégio de Presidentes de Tribunais Regionais Eleitorais é aberta com foco na garantia da democracia

.

Reunião do Colégio de Presidentes de Tribunais Regionais Eleitorais é aberto com foco na garantia da democracia

“Nós somos o sacrário da democracia e aqui nos renovamos na busca de levar essa missão adiante”. Com essas palavras o presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, abriu oficialmente, na noite desta quinta-feira (04/07), a 76ª edição do evento que reúne representantes dos TREs de todo o país em São Paulo. Do TRE Tocantins, participam do encontro o presidente da Corte, desembargador Eurípedes Lamounier, e o diretor Geral do Tribunal, Francisco Cardoso.


Em solenidade na sede do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o presidente do Coptrel destacou a importância de aprimoramento da legislação e promoção da educação política da sociedade. “Precisamos disseminar o raciocínio crítico do eleitor. E a própria informação vai ser a resposta, a defesa maior da desinformação que vemos hoje”, afirmou. “Nosso objetivo é renovar, é preservar os valores para os quais nós surgimos e assumimos guardar, e também eliminar os percalços que possam atrapalhar toda a nossa vida democrática”, concluiu.
Com o objetivo de debater os desafios da Justiça Eleitoral e traçar estratégias para aprimorar os serviços prestados ao cidadão, o encontro foi dividido em palestras e abordará temas como inteligência artificial, os impactos da unificação das eleições, lei e Justiça. Ainda é pauta da reunião, que segue durante esta sexta-feira (05/07), o sistema de extração de dados estatísticos e os indicadores da Justiça Eleitoral, o PJe e Prêmio da Qualidade CNJ.


Para o presidente do TRE-TO, o foco do encontro está na integralização da Justiça Eleitoral, que tem como objetivo maior o resultado positivo das próximas eleições. “Percebo que a preocupação de todos é com a efetividade desta eleição; precisamos nos preparar para os embates eleitorais visando o que temos de mais caro, que é o aperfeiçoamento da democracia: a entrega dos resultados das urnas ao eleitor e à sociedade”, pontuou Lamounier.


Participaram da abertura do 76º Coptrel o presidente do TJSP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, o ministro substituto do TSE, Carlos Bastide Horbach, o secretário da Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, Paulo Dimas Mascaretti; membros da mesa diretora do Coptrel, diretores Gerais do Tribunais e assessores de comunicação.
A reunião será encerrada com a elaboração da Carta de São Paulo.


Paula Bittencourt - ASCOM TRE-TO

Últimas notícias postadas

Recentes