TRE-TO 30 anos: infraestrutura adequada para o atendimento ao eleitor

TRE-TO 30 anos: infraestrutura adequada para o atendimento ao eleitor

TRE-TO 30 anos: Sessões de julgamento ontem e hoje

Em 1989, a Justiça Eleitoral do Tocantins funcionava na sala de audiências do Fórum, em Miracema, capital provisória do Estado.

Já em 1990, na capital definitiva, Palmas, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) ocupava uma construção de material pré-moldado, localizado ao lado da atual sede. O imóvel acomodava os servidores que foram cedidos de outros órgãos com a tarefa de implantar os trabalhos da Justiça Eleitoral.

Em 1992, com a posse dos primeiros servidores aprovados em concurso, foi alugado um espaço para abrigar os cerca de 100 novos funcionários. Na época o único local que reunia as condições mínimas foi um imóvel onde funcionava um hotel. O prédio contava com quinze salas que passaram a acomodar os diversos setores do Tribunal.

Com realização do segundo concurso, em 1998, foi necessário alugar outro imóvel, também localizado próximo à antiga sede.

Com uma arquitetura moderna e arrojada, a sede própria do TRE-TO foi inaugurada no dia 20 de abril de 2001.

Zonas Eleitorais

Em 2006 começou o planejamento para a construção dos Cartórios Eleitorais do Estado.

“Nós tínhamos as Zonas Eleitorais instaladas precariamente em prédios locados ou usando os espaços da Justiça Estadual, e é nas Zonas Eleitorais que fazemos o atendimento do nosso principal cliente que é o eleitor, então decidimos oferecer melhores condições pra esse atendimento construindo nos Cartórios”, explicou o secretário de administração e orçamento, Teodomiro Fernandes Amorim.

Hoje todas as 32 Zonas Eleitorais possuem sede própria. O projeto da construção dos Cartórios no Tocantins é referência para todo pais, servindo de inspiração para outros Tribunais.

Central de Urnas

Em 2015, foi inaugurada a Central de Urnas Eletrônicas, para o armazenamento, manuseio e segurança dos aparelhos. O novo espaço tem capacidade para acomodar cerca de oito mil urnas eletrônicas.

É a Justiça Eleitoral preocupada em oferecer uma infraestrutura adequada ao eleitor.

Vídeo

Confira o vídeo sobre os 30 anos da Justiça Eleitoral do Tocantins 

 

 

Gabriela Almeida – ASCOM – TRE-TO

Últimas notícias postadas

Recentes