TRE-TO participa do 7º Simulado Nacional de Hardware

Simulado acontece entre 4 e 8 de novembro, em Palmas, e busca evidenciar as possíveis falhas dos equipamentos durante o curso de uma eleição

Simulado acontece entre 4 e 8 de novembro, em Palmas, e busca evidenciar as possíveis falhas dos equipamentos durante o curso de uma eleição

Visando as Eleições de 2020, Tribunais Regionais Eleitorais de todo o país participam, entre os meses de outubro e novembro, da 7ª edição do Simulado Nacional de Hardware (SNH), que tem por objetivo identificar falhas de hardware e registrá-las, a fim de evitar problemas com as urnas eletrônicas durante o período de votação. Em Palmas, a ação será realizada a partir da próxima segunda-feira (4/11), na Central de Urnas.

Com duração de cinco dias, o simulado é um período de testes em que os TREs utilizam um percentual de seu parque de urnas para simular um dia de eleição oficial. A atividade de prevenção precede a etapa de seleção das urnas.

Segundo Fernando Mendonça, da Coordenadoria de Sistemas Eleitorais e Logística do TRE-TO, o simulado é realizado para que as urnas do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins sejam averiguadas. “Iremos identificar falhas persistentes e que podem se manifestar de forma intermitente ou em situações específicas. Sabemos que é um teste de extrema importância para que a eleição de 2020 ocorra sem imprevistos. Aqui no Tribunal o teste acontecerá durante a primeira semana de novembro e esperamos contribuir para que possíveis erros ou falhas sejam identificados”, ressaltou.

Como funciona

A metodologia aplicada é baseada na simulação de uma eleição oficial, em que todos os passos para a realização do pleito são seguidos, desde a exercitação das urnas com o Sistema de Teste Exaustivo (STE), até a transmissão do Boletim de Urna (BU), do log e outros arquivos.

As urnas que irão participar do simulado são escolhidas aleatoriamente, com a maior representatividade possível do parque de urnas atual de cada regional, e devem passar pelo teste exaustivo (STE) nos mesmos parâmetros de uma eleição oficial.

Deverão ser acompanhados até a finalização do evento os riscos de falhas no processo de geração das chaves de kernel, versões de software com instabilidade, falta de espaço para armazenar os pacotes gerados pelo Intercad e outros.

Serviço

O que: Simulado Nacional de Hardware TRE-TO

Quando: 4 a 8 de novembro

Onde: Central de Urnas

 

Evelyn Félix – ASCOM – TRE-TO

Últimas notícias postadas

Recentes