Agentes da Democracia - Formação de Eleitores e Políticos do Futuro

Com o objetivo de despertar a consciência cívica e a preparação do jovem eleitor para participar ativamente da sociedade, principalmente do processo político-eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio da Escola Judiciaria Eleitoral (EJE/TO), lançou o projeto “Agentes da Democracia - formação de eleitores e políticos do futuro”. O lançamento aconteceu no dia 2 de março, no Colégio Estadual Serra das Cordilheiras, no município de Colméia, sede da 16ª Zona Eleitoral.

Na primeira etapa, o projeto percorrerá todas as Zonas Eleitorais do Tocantins, atendendo 70 Escolas Estaduais, e visa conscientizar, capacitar, mobilizar e incluir social e politicamente os jovens matriculados no ensino médio da rede pública de ensino. Além disso, os objetivos também são despertar para a importância do voto, preparando aqueles que irão participar das decisões políticas fundamentais do país, formando cidadãos mais conscientes de seu papel na construção de uma sociedade mais livre e democrática.

A ação nas escolas contará com as palestras “A importância da participação do Jovem no Processo Eleitoral” e “O Político do Futuro: com poder vêm grandes responsabilidades”, além de atividades interativas como: jogo de tabuleiro, eleições simuladas na urna eletrônica e alistamento eleitoral.

O Projeto esta sendo realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, Juventude e Esportes do Estado do Tocantins (SEDUC).

Alistamento

A ação conta com atendimento especial para os jovens alunos que irão tirar o título de eleitor e votar em 2018 pela primeira vez. Uma parceria com o Cartório Eleitoral que recebe os jovens com muito carinho e oferece a logística necessária para realização do alistamento eleitoral.

Facebook

A mobilização ganhou as redes sociais. Durante as passagens do projeto nas escolas os alunos também fizeram fotos e selfies com as plaquinhas dos “Agentes da Democracia”, os registros foram postadas no facebook do TRE-TO e já possui um alcance de cerca de cinco mil pessoas.

 

Despertar o interesse e a participação dos jovens na vida política do país é um dos fatores que contribuem para o fortalecimento da democracia. Por isso, a Justiça Eleitoral do Tocantins, por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE), lançou na tarde desta sexta-feira (2/3), o projeto “Agentes da Democracia - formação de eleitores e políticos do futuro”, no Colégio Estadual Serra das Cordilheiras, em Colméia, sede da 16ª Zona Eleitoral.

O evento contou com a presença de cerca de 500 alunos, que participaram de palestras com os temas: "A importância da participação do Jovem no Processo Eleitoral”, ministrada pelo servidor da EJE, Denilson Mariano, e “O Político do Futuro: com o poder vêm grandes responsabilidades”, ministrada pelo assessor jurídico do TRE-TO, Adilson Cunha Silva.

Os alunos também participaram de atividades interativas como jogo de tabuleiro e as eleições simuladas na urna eletrônica. A pesquisa de satisfação do evento também está sendo realizada em uma das urnas.

A diretora da EJE, vice-presidente do TRE-TO e corregedora eleitoral, desembargadora Ângela Prudente, destacou o apoio incondicional da presidência do Tribunal  nessa missão de preparar os jovens para o exercício da cidadania. "Não existe democracia sem educação cidadã e, nesse contexto, entendemos ser necessária uma participação ativa da Justiça Eleitoral na formação direta de eleitores e políticos do futuro", ressaltou a desembargadora.

"Como representantes do Poder Judiciário devemos dialogar com os estudantes, que participarão do processo eleitoral pela primeira vez, para explicar a importância do voto consciente e como a política pode afetar diretamente a vida deles", avaliou o juiz eleitoral Ricargo Gagliardi.

O diretor Regional de Educação, padre Milton, falou sobre a importância da implementação dos grêmios estudantis nas escolas. "O fortalecimento dos grêmios estudantis estimula o engajamento dos alunos em ações de cidadania, como participar das decisões tomadas dentro da escola, e esse é o primeiro contato desses jovens com a política", disse.

Para a Coordenadora do Projeto, Ana Carina Souto, "foi uma grata satisfação presenciar o entusiasmo e a energia com que os alunos e professores receberam o projeto: este é o maior objetivo de nossas ações, além de servir de motivação para toda equipe continuar engajada".

"Nós somos o futuro então não podemos esperar a mudança de quem já está no poder. A mudança deve partir de nós pra que tenhamos um futuro melhor", revelou a presidente do grêmio estudantil,Monalisa Ribeiro, de 15 anos.

 Escolas

Participaram também do evento os alunos do 9° ano da Escola Estadual Arizinho.

Na primeira etapa, o projeto percorrerá, até o próximo dia 8 de maio, todas as Zonas Eleitorais do Tocantins, atendendo 70 Escolas Estaduais, e visa conscientizar, capacitar, mobilizar e incluir social e politicamente os jovens matriculados no ensino médio da rede pública de ensino.

 Cronograma

Entre os dias cinco e 14 de março, a equipe a Escola Judiciária Eleitoral estará realizando atividades em 11 escolas na Região Norte do Estado, localizadas  nos municípios de Araguatins, Augustinópolis, Axixá, Itaguatins, Tocantinópolis, Xambioá e Wanderlândia.

 Autoridades

Participaram do lançamento do projeto em Colméia, o diretor executivo da EJE,  magistrado Henrique Pereira dos Santos; o promotor eleitoral, Guilherme Cintra; a representante da Câmara Municipal de Colméia, vereadora Nilza e a diretora da Escola Estadual Serra das Cordilheiras, Angelita Maria Lima, além do corpo docente da Escola e outras autoridades municipais.

1. Colméia -  Colégio Estadual Serra das Cordilheiras (2/3/2018)

2. Araguatins - Centro de Ensino Médio Professora Antonina Milhomem (5/3/2018)

3. Augustinópolis - Escola Estadual Manoel Vicente de Souza (6/3/2018)

4. Axixá - Colégio Estadual Marechal Ribas Junior (7/3/2018)

5. Itaguatins - Colégio Estadual Olavo Bilac (8/3/2018)

6. Tocantinópolis - Centro de Ensino Médio Girassol de Tempo Integral Darcy Marinho (9/3/2018)

7. Tocantinópolis - Colégio Dom Orione (12/3/2018)

8. Xambioá - Colégio Estadual José Bonifácio (13/3/2018)

9. Xambioá - Colégio Estadual Professora Juliana Barros (13/3/2018)

10. Wanderlândia - Colégio Nossa Senhora da Conceição (14/3/2018)

11. Porto Nacional - Centro de Ensino Médio Felix Camoa I (22/3/2018)

12.  Paraíso do Tocantins - Centro de Ensino Médio José Alves De Assis (22/3/2018)

13. Porto Nacional - Centro de Ensino Médio Professor Florêncio Aires (23/3/2018)

14. Porto Nacional - Colégio Estadual Dr Pedro Ludovico Teixeira (23/3/2018)

15. Paraíso do Tocantins - Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins (23/3/2018)

16. Paraíso do Tocantins - Colégio Estadual Professor Jose Nezio Ramos (23/3/2018)

17. Miracema do Tocantins - Centro de Ensino Médio Dona Filomena Moreira de Paula (26/3/2018)

18. Miracema do Tocantins - Centro de Ensino Médio Santa Terezinha (27/3/2018)

19. Ponte Alta do Tocantins - Colégio Estadual Odolfo Soares (27/3/2018)

20. Aragominas - Colégio Estadual Getúlio Vargas (2/4/2018)

21. Taguatinga - Colégio Estadual Justino de Almeida (2/4/2018)

22. Taguatinga - Colégio Estadual Professor Aureliano(2/4/2018)

23. Araguaína - Colégio Estadual Rui Barbosa (3/4/2018)

24. Araguaína - Centro de Ensino Médio Castelo Branco (3/4/2018)

25. Arraias - Colégio Estadual Professora Joana Batista Cordeiro (3/4/2018)

26. Araguaína - Centro de Ensino Médio Paulo Freire (4/4/2018)

27. Paranã - Colégio Estadual Desembargador Virgilio de Melo Franco (4/4/2018)

28. Araguaína - Centro de Ensino Médio Benjamim José de Almeida (9/4/2018)

29. Filadélfia - Escola Estadual Filadélfia (10/4/2018)

30. Formoso do Araguaia - Colégio Estadual Tiradentes (10/4/2018)

31. Arapoema - Colégio Estadual Ruilon Dias Carneiro (11/4/2018)

32. Alvorada - Colégio Estadual de Alvorada (11/4/2018)

33. Peixe - Colégio Dom Alano (12/4/2018)

34. Colinas do Tocantins - Centro de Ensino Médio Presidente Castelo Branco (12/4/2018)

35. Colinas do Tocantins - Colégio João XXIII (13/4/2018)

36. Gurupi - Centro Ensino Médio Bom Jesus (13/4/2018)

37. Tocantinópolis - Escola Indígena Mãtyk - Aldeia São José (21/4)

38. Tocantinópolis - Escola Indígena Tekator - Aldeia Mariazinha (22/4)

39. Goiatins - Escola Estadual Ada de Assis Teixeira (23/4)

40. Itacajá - Colégio Estadual de Itacajá (24/4)

41. Dianópolis - Colégio Joao D’Abreu (24/4)

42. Dianópolis - Centro de Ensino Médio Antonio Póvoa (24/4)

43. Natividade - Colégio Estadual Dr Quintiliano Da Silva (25/4)

44. Pedro Afonso - Colégio Cristo Rei (25/4)

45. Guaraí - Centro de Ensino Médio Oquerlina Torres (26/4)

46. Gurupi - Centro de Ensino Médio Ary Ribeiro Valadão Filho (26/4)

47. Gurupi - Escola Estadual Dr. Joaquim Pereira da Costa (26/4)

48. Gurupi - Centro de Ensino Médio de Gurupi (27/4)

49. Miranorte - Centro de Ensino Médio Rui Brasil Cavalcante (27/4)

50. Cristalândia - Colégio Estadual de Cristalândia (30/4)

51. Novo Acordo - Colégio Estadual D. Pedro I (30/4)

 

Confira as fotos acessando o Facebook do TRE Tocantins.  Siga, Curta e Compartilhe!

 

 

Uma nova fase da Inclusão Sociopolítica segue com a realização do projeto Agentes da Democracia – Formação de Eleitores e Políticos do Futuro nas comunidades indígenas. Uma equipe da Justiça Eleitoral, por meio da Escola Judiciária Eleitoral do Tocantins passará por 17 aldeias, iniciando pela Etnia Apinajé, no Bico do Papagaio, neste sábado (21/4), na Escola Indígena Mantyk São José, na Aldeia São José, das 8 às 16 horas e no dia 22 de abril na Escola Indígena Tekator, localizada na Aldeia Mariazinha. As duas aldeias compõem a  9ª Zona Eleitoral de Tocantinópolis.

Cartilha

A Justiça Eleitoral está providenciando a confecção de uma Cartilha Bilíngue para auxiliar os eleitores indígenas sobre quais os serviços são oferecidos pela JE, direitos e deveres, os passos do processo eleitoral, seu funcionamento e os crimes eleitorais. A cartilha será distribuída nas aldeias, no idioma português e em mais quatro línguas nativas das comunidades, facilitando o acesso e a compreensão desses temas.

 Eleitores indígenas

Nove etnias estão distribuídas de Norte a Sul do Estado do Tocantins, sendo elas: Karajás, Javaés, Apinajés, Xerentes, Xambioás, Krahôs, Krahô-Canela, Pankararu, Avá-Canoeiro. Segundo dados do IBGE 14.243 indígenas vivem no Tocantins, e deste total, 4.285 são eleitores aptos a votarem nas próximas eleições no estado. O número ainda pode aumentar após o encerramento do cadastro eleitoral, dia 9 de maio.

 Seções indígenas

5ª ZE de Miracema do Tocantins - Aldeia Porteira, Rio Sono, Brejo Comprido – 4 seções

9ª ZE de Tocantinópolis – Aldeia São José, Mariazinha – 4 seções

13ª ZE de Cristalândia – Aldeia Macaúbas, Santa Isabel do Morro, Fontoura – 5 seções

15ª ZE de Formoso do Araguaia – Aldeia Canoanã, Txuiri – 2 seções

23ª ZE Pedro Afonso – Aldeia Lajeado – Uma seção

32ª ZE de Goiatins – Aldeia Rio Vermelho, Pedra Branca, Cachoeira – 5 seções

33ª ZE de Itacajá – Aldeia Manoel Alves Pequeno, Santa Cruz – 3 seções

34ª ZE de Araguaína - Aldeia Xambioá – 1 seção